Blog Estilo Hyatt

    • QUERO RECEBER OfertaS especiaIS NO MEU e-mail SOBRE:


    Como escolher o destino certo da lua de mel

    data 15 de julho de 2022

    Orçamento, condições climáticas e preferências do casal são algumas dicas fundamentais para acertar na escolha

    A lua de mel é um momento de celebração para os noivos, mas também o primeiro momento em que os dois vivem como um casal oficialmente casado.

    Além de ser uma oportunidade incrível para descansar depois de um longo período de estresse e planejamento para o grande dia, é na viagem que os dois vivem as experiências iniciais de um relacionamento que acabou de chegar ao nível máximo de comprometimento.

    Dado a importância da ocasião, é fundamental que o destino agrade os dois e seja capaz de proporcionar experiências e memórias inesquecíveis.

    Precisa de dicas de como escolher o destino da sua lua de mel? Continue a leitura!

    Orçamento

    O primeiro passo é definir um orçamento. Até quanto vocês podem ou estão dispostos a pagar? Geralmente, os casais costumam reservar uma quantia destinada à lua de mel ainda no planejamento da cerimônia e festa. Isso facilita as coisas.

    Lembre-se que uma viagem – seja ela qual for –, demanda despesas básicas, como passagens aéreas, hospedagem, alimentação e mais um pouco de dinheiro para ser gasto com outras coisas, como passeios, suvenires, emergências, etc.

    Um pacote de viagem que inclui voo e hospedagem pode diminuir o preço consideravelmente, então essa é uma ótima opção para quem tem um orçamento um pouco mais apertado.

    Ao saber quanto vão gastar, vocês têm um forte indicativo para encontrar o destino ideal, já que vão se basear nesse valor para fazer a escolha definitiva.

    Clima

    Depois disso, chega a hora de escolher se o clima do destino vai ser calor ou frio. Essa decisão tem que partir dos dois para que nenhum fique insatisfeito e possíveis desentendimentos surjam mais tarde.

    Além do gosto pessoal, é preciso pesar a grandeza do momento. E se um dos dois, mesmo que adore o verão, tenha o sonho de uma lua de mel romântica em plena neve? Como negar algo do tipo? O casal precisa entrar em um acordo e, por vezes, alguém tem que ceder.

    Depois que isso é decidido, a lista de possíveis locais fica menor. A partir disso, é ir afunilando as opções até chegar no destino perfeito.

    Temporada

    No Brasil, acompanhando as festas de fim de ano e férias escolares, a alta temporada de pontos turísticos acontece nos meses de dezembro, janeiro e julho. 

    Em outros países, é provável que isso mude. Por isso, é importante fazer uma boa pesquisa para saber qual a melhor época para viajar.

    A alta ou baixa das temporadas afetam diretamente o valor da viagem. Nos meses mais cheios, como a demanda é grande, viajar fica mais caro. Já nas épocas mais tranquilas, é possível economizar bastante.

    Além disso, a temporada pode se encaixar nas condições climáticas do lugar. Um destino com praia, por exemplo, pode ter um período mais e menos apropriado para visitar por causa da maré. Já um lugar com neve pode ter meses não recomendados para visita por causa do frio intenso ou risco de fenômenos naturais.

    Tudo isso depende de cada situação. Lembre-se de buscar todas essas informações sobre os lugares que vocês estão considerando conhecer.

    Tempo de viagem

    Por quanto tempo vocês podem viajar? Quando devem voltar ao trabalho?

    Muitas pessoas aproveitam as férias. Outras, as festas de fim de ano ou até mesmo a licença casamento – garantida pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

    Independentemente desse fator, uma hora a vida normal precisa voltar e o casal deve saber exatamente quantos dias estão livres até que isso aconteça.

    Ao saber a data em que as responsabilidades devem ser retomadas, é possível determinar a duração da viagem e até mesmo o destino.

    Se o tempo for curto, é melhor viajar dentro do Brasil ou no máximo para países vizinhos. Se os dois conseguirem estender os dias, visitar países mais distantes, com longas horas de voo e muita coisa para explorar, já se torna uma possibilidade bem mais real.

    Roteiro de viagem

    O que não pode faltar em um roteiro de viagem para vocês? Relaxar em praias paradisíacas? Embarcar em aventuras na natureza? Conhecer os melhores restaurantes e lojas da região? Participar de festas e eventos típicos?

    Listar esses pontos é importante para filtrar ainda mais as opções do destino da lua de mel. Se os dois quiserem aproveitar para fazer compras, por exemplo, é melhor evitar um local muito isolado e com poucas opções de comércio.

    Para agradar gregos e troianos, a dica é criar um roteiro eclético, com opções que vão deixar ambos felizes, mesmo que nem todos os programas agradem completamente os dois ao mesmo tempo. 

    Afinal de contas, casamento é sobre comprometimento e alguns sacrifícios para fazer o outro feliz, não é mesmo?

      • QUERO RECEBER OfertaS especiaIS NO MEU e-mail SOBRE: