Blog Estilo Hyatt

    • QUERO RECEBER OfertaS especiaIS NO MEU e-mail SOBRE:


    Omakase Zen: saiba tudo sobre essa experiência gastronômica

    data 29 de setembro de 2021
    Dicas para aproveitar a gastronomia no Rio de Janeiro

    Entenda o que é e por que esse conceito da gastronomia japonesa é a opção perfeita para quem é apaixonado por comida

    A culinária japonesa tem conceitos muito mais profundos do que apenas o simples ato de comer. É baseada em uma gama de significados, tradições e costumes importantes para a construção social de uma nação milenar e fascinante. 

    Desta forma, saborear um prato se torna uma experiência única, que ultrapassa os limites das relações humanas, culturais e até artísticas.

    Este é o caso do omakase, uma das opções mais fantásticas de gastronomia no Rio de Janeiro que veio diretamente do Japão.

    O que é o omakase?

    A tradução livre da palavra japonesa omakase (お任せ; pronuncia-se omakassê) é “deixo em suas mãos”, “deixo por sua conta” ou até mesmo “eu confio em você”.

    No contexto gastronômico, o omakase é quando os frequentadores de um restaurante não fazem seus pedidos pelo menu, mas, sim, confiam completamente nas escolhas do chef, que define todos os pratos que serão consumidos, da entrada à sobremesa.

    Excluindo casos em que o cliente tem algum tipo de alergia ou intolerância alimentar, o chef seleciona absolutamente todos os ingredientes, e costuma decidir na hora o que vai cozinhar.

    Essa decisão é baseada nos itens disponíveis no momento, e vão depender de questões como sazonalidade, harmonização e qualidade. 

    E como a própria raiz do omakase é a unicidade e personalização, é mais do que normal que cada um seja diferente, já que os chefs podem seguir estilos distintos uns dos outros. A experiência em um restaurante, portanto, pode ser drasticamente díspar a de um outro estabelecimento.

    A estratégia que os chefs costumam seguir é observar a reação das pessoas diante das entradas servidas. A partir disso, é possível saber se o cliente aceitaria receitas mais ousadas ou se tem um paladar com maior inclinação para o tradicional.

    Por mais que o chef tome todas as decisões, quem dita o andamento da refeição, na verdade, é o cliente, mas a experiência sempre se torna muito mais interessante quando há mente aberta e disposição para provar coisas novas.

    Prato do Omakase Zen, restaurante Shiso no Grand Hyatt apresenta gastronomia no Rio de Janeiro

    Isso pode parecer uma concepção bastante estranha para o ocidente, mas é comum nessa região do leste asiático. De acordo com o livro The Story of Sushi, do autor Trevor Corson, antigamente, no Japão, os restaurantes de sushi nem tinham cardápios, e os clientes deixavam tudo na mão dos chefs.

    Hoje, os menus já estão presentes na maioria dos restaurantes, mas um consumidor sofisticado, que realmente aprecia e entende de sushi, é facilmente identificável. Assim que essa pessoa se senta no balcão, diz “omakase” para quem está do outro lado. Depois, só espera que o prato seja entregue.

    Os chefs de restaurantes de outros países, como Estados Unidos e Brasil, certamente vão entender o recado se alguém se sentar e indicar o omakase, mas isso é mais difícil de acontecer.

    Em primeiro lugar, porque a maior parte das pessoas não tem ciência desse conceito. Em segundo, porque sushis não costumam ser baratos – neste caso, estamos falando de sushi de verdade, sem invenções mirabolantes ou de redes de fast food.

    Com isso, as pessoas sentem receio de se comprometer a pagar um valor alto por algo que nem sabem se realmente vão gostar.

    A solução que vários chefes encontraram é estabelecer um preço-base para a experiência, o que faz com que os clientes já saibam o quanto vão gastar. Em alguns casos, também é possível pedir pratos extras por valores adicionais.

    Omakase no Grand Hyatt Rio de Janeiro

    A gastronomia no Rio de Janeiro atinge um novo patamar com o Omakase – Menu degustação em 5 tempos, do Shiso, o restaurante de culinária japonesa do Grand Hyatt Rio de Janeiro.

    Os ingredientes são frescos e de altíssima qualidade, e podem variar de um dia para o outro de acordo com a disponibilidade ou da criatividade da nossa chef, Miriam Moriyama. 

    O omakase do Shiso inclui:

    • Otoshi – couvert do dia
    • Sashimi Moriawase – seleção de peixes servidos sobre pedra de Sal do Himalaya
    • Sushis – seleção de sushis variados
    • Robatayaki – grelhado na brasa acompanhado de sopa de missô e gohan 
    • Sobremesa – à escolha do chef pâtisserie

    Restaurante Shiso

    Além de ser uma talentosíssima chef e a mente por trás de todos os detalhes do omakase e de outros itens do menu, Miriam Moriyama é a única sushiwoman de todo o estado do Rio, liderando a cozinha do Shiso com maestria admirável.

    Sob o seu comando, que mescla heranças culinárias insubstituíveis com toques modernos na medida certa, o Shiso já foi o grande vencedor de uma série de prêmios importantes do meio gastronômico.

    Nosso restaurante já foi reconhecido pelo prestigiado Guia Michelin, é bicampeão do prêmio Cinco Garfinhos do Rio Gastronomia e foi eleito como um dos melhores lugares para comer comida japonesa na cidade pela Veja Rio Comer & Beber em 2020. 

    Tudo isso é fruto de um rico leque de elementos cuidadosamente planejados para proporcionar aos nossos clientes apenas o melhor que a culinária do Japão e a gastronomia no Rio de Janeiro tem a oferecer.

    Além da boa comida, o staff do restaurante não deixa a desejar em nenhum momento quando falamos sobre harmonização – dos pratos e bebidas, com incrível carta de saquês –, excelência em atendimento e ambiente de arquitetura aconchegante e sofisticada, transportando um pedacinho do Japão para o coração da Barra da Tijuca.

      • QUERO RECEBER OfertaS especiaIS NO MEU e-mail SOBRE: